terça-feira, 30 de novembro de 2010

Fazer sexo é bom, ter AIDS não!

Quem não gosta de sexo? Todo mundo gosta! Agora existe sexo melhor do que o sexo seguro?

O quê se fazer, quando estamos naquele momento mais esperado do dia ou da noite? Todos nós sabemos o que fazer nessa hora, mas é bom sempre com a CAMISINHA guardada na carteira ou no bolso. Isso é válido tanto para o homem quanto para a mulher, principalmente para as mulheres, já que são vocês que concedem essa "glória" para nós homens. O uso da camisinha na hora de fazer sexo ou amor é essencial entre o casal, e os dois têm que saber disso. Não podem deixar o desejo falar mais alto e sim a responsabilidade e o amor consigo mesmo.

Para quê bobear, se vocês podem se cuidar? Vocês se cuidando o vírus estará longe de vocês. Não é isso que você e a maioria querem, não contraírem o vírus HIV? Então seja esperto e não dê vacilo para esse vírus fatal.

Para que vocês acreditem que ela não está para brincadeira. Vejam este vídeo forte contra a AIDS.










Fique esperto, faça sexo seguro, use CAMISINHA!

sábado, 27 de novembro de 2010

A paz é um sonho?




Essa é uma pergunta bem complicada. Para alguns ela é apenas um sonho sim, mas para outros não, eles acreditam que a paz possa ser concretizada, mas como fazer para que a paz seja verdadeira para todos?

Desde que o mundo é mundo, a paz e a guerra caminham juntos, lado a lado e tudo vem sido registrado desde então. O único problema é que nesse crescimento paralelo a guerra veio tomando mais espaço do que a paz e desestabilzando o mundo em geral!

Como fazer a guerra chegar ao seu fim? Dá o fim em todos os tipos de armas? Será que essa é a solução? Por que tudo é arma, sendo bélico ou não! Pedra é arma, garfo, faca, pedaço de madeira, tudo, tudo, tudo é arma, até os nossos punhos são armas, infelizmente. Qual será a solução para o fim da guerra? Eu vejo dessa forma, o governo têm que investir mais em educação, saúde e lazer. Vocês já repararam que quanto mais o governo investe em segurança (não tô dizendo que não tem que investir), mais bandidos aparecem? Isso só gera mais o crescimento da guerra civíl, o da mundial eu nem falo nada, todos os países estão em guerras explicítamente e implicítamente o pai dessa guerra é o EUA, fato! Se começarmos a mudar pelo menos a guerra civíl que é uma guerra sem nexos, é plausível que possa afetar na da mundial, quem sabe?

Esperamos por um mundo melhor, mas para o mundo ficar melhor a guerra tem que ser exterminada, porque desse jeito a paz não se estabiliza. Vejam só essa guerra que está acontecendo no Rio (que começou no dia 20/11/2010) e já se faz hoje uma semana e um dia. Qual o propósito dessa guerra? Será que depois dessa guerra entre a polícia e a favela, ela termina? Não fiquem com raiva de mim, mas eu acredito que não, essa guerra para mim, jamais terá o seu fim!

A paz, virou algo particular. Cada um tem a sua e é assim que ela é administrada e mostrada. É só não pisar no terreno do próximo "cantando de galo", que está tudo bem, a paz está sendo feita e estabilizada, mas se der um passo em falso, pronto, a guerra impera e vai passando e vai contaminando quem estiver do lado, ela é viral! Atinge todo mundo, mas a paz, ela vai devagar e é silênciosa esperando que a corrente não seja quebrada e que não retome o processo tudo de novo. Por isso que ela demora para ser estabilizada, o povo gosta de ver gritos, corre corre e sangue, é o que eu eu consigo ver, porque se fosse ao contrário, a guerra nem existia e a paz deixaria de ser um sonho!


Vou deixar aqui a música de: Geraldo Vandré (Pra não dizer que não falei das flores).


Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Somos todos iguais
Braços dados ou não
Nas escolas, nas ruas
Campos, construções
Caminhando e cantando
E seguindo a canção...

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer...(2x)

Pelos campos há fome
Em grandes plantações
Pelas ruas marchando
Indecisos cordões
Ainda fazem da flor
Seu mais forte refrão
E acreditam nas flores
Vencendo o canhão...

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer...(2x)

Há soldados armados
Amados ou não
Quase todos perdidos
De armas na mão
Nos quartéis lhes ensinam
Uma antiga lição:
De morrer pela pátria
E viver sem razão...

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer...(2x)

Nas escolas, nas ruas
Campos, construções
Somos todos soldados
Armados ou não
Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Somos todos iguais
Braços dados ou não...

Os amores na mente
As flores no chão
A certeza na frente
A história na mão
Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Aprendendo e ensinando
Uma nova lição...

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer...(4x)



PAZ!





sexta-feira, 26 de novembro de 2010

A Revolução... só depende de nós!




Revolução. Essa palavra mexe muito conosco, principalmente para os adolescentes, que querem superar limites e de alguma forma conquistar o seu espaço e serem reconhecidos entre os amigos ou quem sabe até no mundo.

Eu pensava assim, que tudo era como eu queria e pronto, mas não é assim que a "banda toca", de uns anos pra cá eu vi que a vida é rara e que cobra muito sério e que eu não precisava fazer revolução de uma forma mais arrogante.

Pichar muro por exemplo é uma forma de revolução, mas é uma revolução pessoal, assim como usar drogas. Isso é revolução de fracos, que ao invés de tentar fazer um progresso para si próprio, para quem está do seu lado e para o país, só está denigrindo a imagem de tudo e todos.
Confesso que já fiz essas duas coisas, agora me pergunta o que eu ganhei de positivo com isso? NADA! Só ganhei o desprezo dos meus pais e dos meus familiares. Ganhei a consideração da "galera" desse mundo, mas não é uma ponte firme para o meu futuro adiante. Não tenho nada contra, se eu tivesse eu estaria sendo HIPÓCRITA e uma coisa que eu odeio é hipocrisia e preconceito sem conceito, aaah mas eu detesto e falo mesmo o que penso e não tenho medo de expôr os meus pensamentos, como não estou tendo agora neste exato momento.

Uma coisa que eu ganhei foi experiência, a experiência é válida e, é a partir dela que iremos formar nossas opiniões e que iremos também nos amadurecer. Sei que vai ter gente que vai discordar comigo, mas eu vejo assim, é a minha visão! É o que eu vivi e é por isso que hoje eu sou o que eu sou. Não dexei me levar, sempre fui cabeça forte, eu só faço o que eu quero! Graças a Deus e a mim eu tô saindo dessa, eu estava me "perdendo" nessa vida, não completamente, eu fazia história antes de publicidade, mas não com o mesmo gosto de hoje. E percebi que eu estava fazendo revolução de uma maneira errada, então eu me perguntei, se isso não é revolução, o que é revolução de fato?

A revolução que eu descobri é aquela que você faz por bem, é a do cotidiano, de se levantar cedo e ir trabalhar ou estudar, é a de pagar as contas, é a de não deixar faltar comida em casa. É a de ajudar a mãe e o pai sempre, é a de ser solidário com o mundo, é a de ser gentil com as pessoas, é a do dar bom dia mesmo que a outra não responda, mas você fez a sua parte. É a de ajudar o próximo, é a de não incentivar a violência, é a de querer juntos dar um basta na corrupção e no fim das drogas. É de não aceitar calado quando você está fazendo papel de otário, é a de votar CONSCIENTE nos futuros governantes do país e fazer dele o melhor possível. Enfim, a revolução é feitas de atitudes nobres e não pobres. Isso para mim é a revolução que só depende de nós, que eu conheci e aprendi a fazer.

Vou deixar aqui uma música minha, adivinha o nome dela? Isso mesmo o nome da música é A Revolução!

Há dias que ando pela as ruas de olhos baixos, ninguém descofia, ninguém percebe.
O que está acontecendo nesse nosso mundo, tô cansado de ser visto como um vagabundo!
As mentiras nos jornais e na TV, aparecem totalmente desmascaradas.
Alguns preferem ser cegos ao ter que ver, que já fazem parte da grande piada!
Mas não é assim comigo NÃO! E nem com você NÃO! Vamos à luta, vamos vencer!
Não há mais tempo só para sonhar, o tempo sempre passa e nunca vai parar.
Pois quem me fez assim, QUEM? Hoje tem medo de mim, TEM! Eu vou persistir, SIM! Eu vou até o fim!
Leia o seu jornal, meta a língua no governo. Queixe-se da vida não tenha medo!
Tudo está mudado, ESTÁ! Tudo está errado, ESTÁ! Não vou ficar aqui de braços cruzados.
A revolução já começou e o nosso tempo é ouro, a nossa vida é rara e está tão cara!

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Só Deus pode me julgar!




Por que existem pessoas que gostam de menosprezar as outras pessoas só pelo o seu jeito de se vestirem, de se agirem ou de falarem? Por que existem pessoas que humilham aqueles que tem a cor negra ou os que possuem piercings e tatuagens?

Isso é correto?
Será que todas elas que tem essa cor e possuem essas características são pessoas do mal, bandidas, viciadas, meliantes e etc? Ou são mesmos apenas vítimas da própria existência e do passado?

O que leva uma pessoa a ter um pré-conceito, mesmo sem ter ou saber o conceito de tal assunto abordado?

Alienação? Reflexos de uma educação mau ministrada? Por que? Por que? Por que?
Ninguém explica o porque. E se explica, não justifica!
Muita gente sofre com preconceitos todos os dias. Eu sou uma delas, sou mal visto nas ruas pelas minhas roupas,meus piercings, minhas tatuagens, pelo o som que eu escuto (RAP), pelas gírias que eu uso e pelo o esporte que eu pratico, que é o skate. E me digam, quem está sendo o IDIOTA?

A estupidez se propaga mais e mais e parece que não tem fim, enquanto o radicalismo habitar nas casas de certas pessoas, essas pessoas vão semeando essa atitude infantil com "orgulho".

Mas e Deus? Será que ele pensa, age e sente da mesma forma? Será que Deus é preconceituoso?Ou é totalmente ao contrário disso tudo?

Será que Deus entende o porque das pessoas usarem tatuagens e piercings, ou não?
Será que ele compreende do negro ter sido escravizado e muito humilhado no passado, ou não? Será que ele já sabia o percurso dessa história e sabia que tudo isso iria acontecer, ou não?

Perguntas sem respostas.


Negro, branco, amarelo, baixo, alto, magro, gordo, bonito, feio, com piercing, sem piercing, com tatuagem ou sem tatuagem, não importa. Querendo ou não todos nós somos iguais, todos nós somos a semelhança de Deus, repito, somos todos IGUAIS. Ninguém sabe como Deus é, então pra quê essa repugnância com o próximo que é diferente?

O mundo só muda, quando a mente muda. E a mente só muda, quando a gente muda. E a gente só muda se quisermos mudar.
"A mudança é a lei da vida" (Jonh F. Kennedy)


RESPEITO é a palavra chave para isso tudo dá certo. Diga NÃO a qualquer tipo de preconceito. Querendo ou não, SÓ DEUS PODE ME JULGAR!

sábado, 6 de novembro de 2010

Ação Baião Ilustrado na Fanor

Vídeo gravado por mim, depois de ter contribuído nessa grande intervenção realizado pela a galera do Baião Ilustrado.

video

Vejam como a criatividade é algo incrível!

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Você vai ao Teatro?

Este foi um vídeo realizado na cadeira de Teoria da comunicação, afim de saber dos motivos do teatro não ser tão frequentado. No vídeo você verá depoimentos de atores amadores falando sobre esse assunto e também verá respostas do povo.



VÁ AO TEATRO!


video